Notícias

ICANN abre o registo de domínios genéricos (gTLDs)

Hoje 12 de Janeiro ICANN abre o registo de extensões de domínios genéricos em Internet (gTLD).

A partir de agora qualquer empresa, marca, cidade ou território poderá ter sua própria extensão de domínio da Rede. Esta nova medida, supõe a maior ampliação levada a cabo até agora, já que o sistema vigente baseia-se em 22 domínios de primeiro nível (TLD) aos que se somam os próprios da cada país (ccTLD) que somam 250. Tudo isto supõe um das maiores mudanças nas quatro décadas da história de Internet.

Esta abertura não só vai destinada às empresas, que poderão ter um domínio genérico próprio (.google o .yahoo) senão que também as comunidades, regiões e cidades poderão utilizar extensões mais relevantes (.gal, .berlin, .mad, .bcn,...)que incluam o nome da cidade no próprio domínio ou qualquer organização que queira criar uma nova extensão de domínio que queira comercial (.bank, .eco, .car,...).

Para muitas organizações, mostra-se a oportunidade de assegurar o nome de sua empresa como um domínio “.mimarca” e representa uma oportunidade de mercado significativa. Proporciona também um maior controle das organizações sobre seu domínio site, que lhes permite proteger sua marca e criar confiança num mundo digital a cada vez mais complexo.

Ademais, os domínios poderão registar-se em qualquer idioma e qualquer nome será apto, com o que as possibilidades em quanto a nomes podem ser praticamente infinitas. ICANN não descarta um sistema de leilão quando tenha mais de um aspirante legítimo a registar um mesmo domínio. Segundo membros desta entidade, esta abertura vai mudar a maneira de procurar informação na Rede. Os nomes das direcções de Internet poderão assim terminar com quase qualquer palavra, em qualquer idioma (inclusive com caracteres de qualquer alfabeto), permitindo a organizações de todo mundo a oportunidade de comercializar sua marca, produtos, a comunidade ou a causa de formas novas e inovadoras.

Fases de Registo para os novos gTLD:

- 12 de janeiro de 2012: Lançamento do programa. Abrir-se-á as solicitações de registo.

- 12 de abril de 2012: Fechamento do processo de solicitações de registo. O listado solicitações publicasse-se 15 dias depois.

- Novembro de 2012: Publicação dos primeiros resultados de avaliação de solicitações.

- A partir desse momento, iniciar-se-á a aceitação de registradores e no segundo trimestre de 2013 poderiam estar activos em Internet os primeiros novos domínios.

O custo da cada uma destas extensões de domínios será a mais de 180.000 dolares e operar um registo deste tipo implicará o pagamento anual de 25.000 dolares anuais. Este tipo de tarifas estão pensadas para evitar o uso fraudulento destes domínios. Uma vez fechado o período de solicitação espera-se que não existirão novas oportunidades até que decorram 2 ou 3 anos.A ICANN indicou que prevê entre 300 e 1.000 novos TLD que poderiam ser criados no marco do novo programa.

Se deseja mais informação sobre os novos gTLD ou deseja registar o domínio seu .MARCA ponha-se em contacto com Entorno Digital.


Últimas notícias

Entorno Digital
ICANN abre o registo de domínios genéricos (gTLDs)